Proposta do curso

O curso de graduação em Estudos de Mídia é um bacharelado oferecido pela Universidade Federal Fluminense, cuja proposta é pioneira em toda a América Latina. Seu objetivo é formar profissionais com visão abrangente e integrada acerca dos meios de comunicação, sua dimensão institucional e organizacional, seu contexto histórico e cultural, suas diferentes linguagens, problemas de natureza ética, e seus fundamentos tecnológicos. Os alunos são capazes de atuar na produção e distribuição de conteúdos midiáticos, bem como na crítica, análise, diagnóstico e elaboração de estratégias de atuação em agências, produtoras e distribuidoras de conteúdos multiplataforma, empresas de assessoria e treinamento, corporações, entidades governamentais, ONGs e instituições de ensino e pesquisa.

 

O curso de Estudos de Mídia atende a uma demanda que se apresenta atualmente — em um cenário marcado por inovações radicais e convergência tecnológica, pelo desenvolvimento de novas formas expressivas, pela importância decisiva do papel que os meios de comunicação desempenham no processo, pela instrumentalização política desses meios, quer para fins de controle, como um catalisador do debate político ampliado ou como recurso a serviço de formas diversas de contestação e resistência — por profissionais capacitados a lidar com os fenômenos midiáticos de forma integrada. O perfil desse profissional se distingue do profissional de Comunicação Social de duas maneiras principais:

 

Em primeiro lugar, diferentemente destes, cuja formação aponta para um cenário em que se desempenham tarefas específicas, circunscritas no âmbito de uma habilitação determinada, o profissional de Estudos de Mídia desenvolve uma perspectiva totalizante e integradora acerca dos meios de comunicação. A sua formação o capacita, assim, de modo privilegiado, a traçar estratégias e exercer papéis de coordenação em campanhas midiáticas.

 

Em segundo lugar, de modo distinto do que ocorre com o profissional de Comunicação Social, cuja formação enfatiza o treinamento nas técnicas correntes de sua habilitação, a formação do profissional de Estudos de Mídia enfatiza o caráter efêmero e cambiável das técnicas midiáticas, e o incita a desempenhar um papel ativo na sua transformação.

 

Além dos aspectos já ressaltados, a íntima ligação com a pós-graduação foi determinante também na formulação da proposta deste bacharelado, que foi pensado do nível mais alto em termos de formação acadêmica — isto é, do doutorado — em direção à graduação. A aposta na integração entre pós-graduação e graduação se efetiva através do diálogo constante dos alunos com o ambiente da pesquisa acadêmica. Nesse sentido, não apenas os diferentes níveis de formação encontram importantes pontos de contato, como também, especialmente no caso da graduação, os alunos são estimulados a buscarem sua formação continuada.

 

Mais da metade dos professores do Departamento de Estudos Culturais e Mídia é credenciada em programas de pós-graduação. Parte considerável deles está associada ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM), outros estão vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Cultura e Territorialidades (PPCULT). Professores e alunos de pós-graduação compartilham suas agendas de pesquisa com a graduação, levando, sempre que possível, tais debates para a sala de aula. Nesse sentido, a estrutura do curso, baseada em disciplinas optativas, favorece a experimentação de diferentes temas e questões, incorporando ao caráter do curso uma proposta efetivamente inovadora.

 

Acesse a proposta pedagógica do curso.

Pratas da Casa

Tendo sido da primeira turma de Estudos de Mídia, ainda em 2005, confesso que não sabia muito bem o que esperar. Aos poucos, fui desvendando o curso e, no processo, descobrindo meus próprios interesses profissionais e acadêmicos. Em grande parte, isso foi possível graças à flexibilidade da formação e à atenção de professores dedicados e bastante presentes. Durante o mestrado e o doutorado, quando tive a oportunidade de ministrar algumas disciplinas, pude acompanhar o crescimento do corpo docente e o alargamento de assuntos trabalhados ao longo da graduação, fazendo de Estudos de Mídia um curso imprescindível para quem tem interesse em lidar com questões contemporâneas no campo da comunicação.

Lucas Waltenberg Doutor em Comunicação pelo PPGCOM-UFF, sócio da Mistura Digital